A "Indústria da Seca" no Brasil - III


Um pouco da história visual daquilo que ficou conhecido como "Indústria da Seca", um fenômeno social caracterizado pelo uso político das calamidades da seca nordestina em benefícios de uma minoria privilegiada. A "Indústria da Seca" gerou também fortunas em consequência de obras superfaturadas e recursos desviados para cofres pessoais dos envolvidos, incluindo políticos e coronéis locais.

Compressora de ar da pedreira Salta-Vidas, do Açude Quixeramobim. Guindaste em operação - Escavações nas fundações do Açude Quixeramobim - Residência do engenheiro-fiscal da construção do Açude de Quixeramobim - Guindaste para descarga de material da estrada de ferro no Açude Quixeramobim (ano: 1922)

Vista da estrada de rodagem de Umbuzeiro a Limoeiro - Trabalhadores aguardando o pagamento dos salários. Estrada de rodagem de Umbuzeiro a Campina Grande - Desenvolvimento paralelo das duas estradas: de ferro e de rodagem, de Umbuzeiro a Limoeiro. Trabalhos preparatório do leito da estrada de ferro - Preparo do leito da Estrada de Ferro Limoeiro a Umbuzeiro. Trecho já pronto para receber os dormentes. Corte na mesma linha de ferro (ano: 1922)

Construção de uma ponte sobre o rio Tracunhaém - Riacho Pedra do Sono - Ponte em construção - Ponte provisória para passagem de material ferroviário. Estrada de Ferro Limoeiro a Umbuzeiro - Um corte a dois quilômetros de Limoeiro - Vista da parte norte de Limoeiro. Outra vista da mesma cidade. Leito preparado da Estrada de Ferro Ceará-Paraíba (ano: 1922)

Açude Piranhas - barragem provisória do rio Piranhas, para fornecer água para a obra. Ponte de cimento armado na Estrada de Ferro Cajazeiras e Souza - Alagoinhas, povoação cearense próxima da divisa da Paraíba - Estrada de rodagem Cajazeiras a Boqueirão de Piranhas - Estrada de rodagem Rio das Pombas. Trabalhos para construção de uma ponte no Rio Bananeiras - habitações para o pessoal técnico - Açude São Gonçalo (ano: 1922)

Vista da região servida pela estrada de ferro Paiano a Alagoa Grande - Ponte construída sobre o rio salgado, na estrada de ferro Ceará-Paraíba - Tangente desenvolvida na Estrada de Ferro Ceará-Paraíba. Ponte provisória sobre dormentes do rio Prudência, Ramal do Açude Pilões - lastro carregado de dormentes e outros materiais de construção - Ponte sobre o rio Picada - Poço da Pedra - Ponte e caixa d'água provisórias na estrada de ferro Ceará-Paraíba - Açude Pilões (ano: 1922)

---
Revista "O Malho", edições de 1922, disponível digitalmente no site da Biblioteca Nacional Digital do Brasil

Um comentário:

  1. Por favor nos envia o link desta Revista "O Malho". Já que não consego encontrar no site acima mencionado.

    ResponderExcluir

Excetuando ofensas pessoais ou apologias ao racismo, use esse espaço à vontade. Aqui não há censura!!!