Fotos antigas de Sorocaba - SP - III (História de Sorocaba)

Sorocaba em 1946

---

"Sorocaba: 'Manchester Paulista'"
Por: Sílvio Pedrosa, 1946 (Adaptação ortográfica Iba Mendes)

Distante, 108 quilômetro da  capital de São Paulo e  ocupando uma "bacia", fica  a cidade de Sorocaba.  

Conhecida e mesmo falada  nos grandes centros, Sorocaba sente-se orgulhosa em usar o cognome de "Manchester Paulista", graças às  suas múltiplas indústrias.

Fundada por Baltazar Fernandes, em 1654, é, o seu passado, cheio de tradições, como foi, inquestionavelmente, o berço de Francisco Adolfo Warnhagen (Visconde de Porto Seguro), notável historiador, verdadeiro orgulho da nossa pátria, e que, na expressão de João Francisco Lisboa, é "pai da nossa história".

Nos primórdios da sua formação, Sorocaba já era tida como um núcleo vital e bastante importante, além de ser afamada pela concentração de bestas xucras que, ali chegavam procedentes dos centros de pecuária do sul, para serem vendidas em movimentadas feiras.

Sorocaba foi teatro de lutas intestinas, entre as quais se destaca a revolução liberal de 1842, chefiada pelo brigadeiro Tobias, e da qual resultou o aprisionamento do padre Diogo Antônio Feijó, futuro Regente do Império.

Grandes bandeiras se concentravam e partiam de Sorocaba, embrenhando-se pelos ignotos e bravios sertões, em demanda às lendárias plagas do fabuloso " Eldorado".

Falando ainda, de seu passado, seria injustiça silenciar os nomes de alguns de seus denodados filhos sertanistas que muito fizeram pela nossa expansão e coesão territorial; nomes como os de Fernandes e Artur Pais de Barros, Gabriel e João Antunes Maciel, Miguel Sutil, Almeida Falcão e outros.

Pioneira de notáveis indústrias, já 1852 o cidadão Manoel Lopes de Oliveira fundava uma fábrica de tecidos de seda e algodão, e o senador Nicolau Pereira de Campos Vergueiro tentava a construção do parque vinícola nacional, dando início concomitantemente à exploração da siderurgia.

Hodiernamente, Sorocaba é uma rica região industrial, possuindo cerca de 200 estabelecimentos fabris, ótima iluminação elétrica, perfeito calçamento, importantes institutos de ensino, sociedades recreativas, cinemas modernos, boa imprensa, uma estação de rádio, a PRD 7, Rádio Club de Sorocaba, belos logradouros públicos, piscinas e outros melhoramentos.

A população é calculada em 22.000 habitantes, aproximadamente, aumentando, dia a dia.

A cidade é servida por bondes, sendo banhada pelo rio Sorocaba, que a divide em duas partes, ligadas por pontes; uma para os elétricos, outra, para os pedestres.

Dentre os numerosos estabelecimentos de ensino, destacam-se: Escola Normal, Colégio Estadual, Ginásio de Ciências e Letras. Educandário Santa Escolástica, Escola Técnica de Comércio, Seminário Diocesano, Escola Grupos Escolares: "Baltazar Fernandes", " Visconde de Porto Seguro", "Monsenhor João Soares", "Senador Vergueiro" e "Antônio Padilha".

Quanto aos lugares pitorescos, distinguirmos a piscina “Quinzinho de Barros”, onde velhos, crianças, rapazes, moças e matronas procuram refúgio nos dias de canícula para praticarem a natação.

Nas proximidades desta piscina, existe um lago artificial, à margem do qual  se estende um bosque adornado de majestosas árvores, convidando os  excursionistas a repousarem às suas sombras. Este é o ponto eleito dos namorados, das famílias e das moças casadoiras, que ali surgem, promovendo alegres convescotes.

No alto do bairro do Cerrado, num ponto dominante, acha-se aquartelado o 7º  B.C. da Força Policial do Estado. Contíguo ao quartel, funciona o "Aéreo Club Araçoiaba", de recente criação, tendo já brevetado muitos jovens, amantes da Aviação.

Sorocaba é, sem dúvida, uma das mais adiantadas cidades do interior, do Brasil.”

(Revista Carioca)

Sorocaba - SP: Club União Recreativo e a Catedral (1946) 
Sorocaba - SP: Trecho da Rua Souza Pereira (1946) 
Sorocaba - SP: Praça Artur Fajardo (1946) 
Sorocaba - SP: Praça Dr. Ferreira Braga (1946) 
Sorocaba - SP: Rua São Bento (1946) 
Sorocaba - SP: Mercado Municipal (1946)
Sorocaba - SP: Ginásio do Estado (1941) 
Sorocaba - SP: Trecho da Rua São Bento (1941) 
Sorocaba - SP: Paço Municipal (1941) 
Sorocaba - SP: Igreja e mosteiro de São Bento (1941) 
Sorocaba - SP: Residência do DR. Stillitano (1941)


---
Fonte:
Revista Carioca, edição 282, de 1941
Revista Carioca, edição 282, de 1942
Acervo da Biblioteca Nacional Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Excetuando ofensas pessoais ou apologias ao racismo, use esse espaço à vontade. Aqui não há censura!!!