Teoria da Ovulação

Uma das grandes virtudes dos ULTRAdarwinistas diz respeito à fantástica capacidade de criar estórias.

Bem. Se ficasse por aí, maravilha: mito é cultura! Todavia, tal virtude torna-se num grave vício quando tentam transformar esses mitos em verdades. Verdades inquestionáveis, diga-se de passagem!


Estando a folhear um desses livros que tentam “didaticamente” ensinar evolução, deparei-me com o título “A Beleza da Fera”, de Natalie Angier, onde se estampava o capítulo: “Uma nova teoria sobre menstruação”.


A autora, tratando desse “drama” feminino traz à tona a teoria de Margie Profet, uma bióloga evolutiva da Universidade de Washington, a qual afirma que “a menstruação surgiu para o bem da própria mulher, como um mecanismo para proteger o útero e as trompas de Falópio contra os micróbios nocivos trazidos pelos espermatozóides”.


Segundo a bióloga, diz a autora, “o útero é extremamente vulnerável às bactérias e aos vírus que podem estar pegando carona com o esperma, e a menstruação é uma maneira agressiva de evitar infecções que podem provocar esterilidade, doenças e até mesmo a morte”.

A idéia da bióloga seria a de “responder à questão de por que o corpo das mulheres, antes da menopausa, se dá ao trabalho de desperdiçar quantidades consideráveis de sangue e tecido a cada mês, perdendo ferro e outros nutrientes valiosos, durante o processo”.

Bom. Não sei em que deu esta teoria. Não sei se ela “pegou”. Na verdade, nem mesmo sei qual seria a explicação “oficial” do darwinismo sobre este "delicado" assunto. Em termos darwinistas e do ponto de vista da seleção natural, qual seria a finalidade da menstruação? Ou melhor: quais as vantagens da mulher menstruar periodicamente? E mais: a partir de que instante no suposto processo evolutivo a fêmea começou a menstruar?

Ah, não custa lembrar que, contra esta teoria há o grave fato de que em sendo ela verdadeira, teria necessariamente inúmeras implicações médicas. Por exemplo, se o sangramento colabora na prevenção de infecções, deveria as mulheres evitar o uso de contraceptivos que eliminem a menstruação?

Moral da estória:
Tem muitos darwinistas por aí em perene TPM epistêmica! ((rs))


É isso!

Um comentário:

  1. O tempo que gastei lendo isso nunca mais voltará.

    ResponderExcluir

Excetuando ofensas pessoais ou apologias ao racismo, use esse espaço à vontade. Aqui não há censura!!!