A visita do rei Alberto I, da Bélgica, ao Brasil, em 1920

No ano de 1920 o Brasil recebeu a ilustre visita do rei da Bélgica, Alberto I, juntamente com sua esposa, a rainha Elisabeth. O rei Alberto foi aquele que, em 1914, recusou dar passagem à Alemanha para que atravessasse o país rumo à França. Em conseqüência de sua luta contra o regime alemão, o rei Alberto tornou-se muito querido aqui no Brasil e, no seu país, recebeu honras de herói.
As imagens, a seguir, foram extraídas da revista "A Cigarra", por ocasião da visita dos reis da Bélgica à capital paulista e ao Rio de Janeiro. À época o Brasil era governado por Epitácio Pessoa, que conduziu o país até 1922. Na imagens poder-se-à observar também a presença de Washington Luís, naquele momento o governador de São Paulo e, posteriormente, presidente do Brasil. Sem dúvida, imagens marcantes da nossa história...

CRÔNICA PUBLICADA NA REVISTA PAULISTANA "A CIGARRA", EM 1 DE OUTUBRO DE 1920, POR OCASIÃO DA VISITA DO REI DA BÉLGICA AO BRASIL

REI ALBERTO I, DA BÉLGICA

RAINHA ELISABETH, DA BÉLGICA

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO BRASIL, EPITÁCIO PESSOA, RECEPCIONANDO A COMITIVA REAL DA BÉLGICA NO QUARTEL DA LUZ, NA CAPITAL PAULISTA


A TRIBUNA DE ONDE OS SOBERANOS BELGAS ASSISTEM, NA AVENIDA TIRADENTES, AO DESFILE DA FORÇA PÚBLICA DE SÃO PAULO


A RAINHA ELISABETH, TENDO AO SEU LADO O PRESIDENTE EPITÁCIO PESSOA, ENTRE OUTROS


O REI ALBERTO PASSANDO REVISTA ÀS TROPAS; E DESFILE DA INFANTARIA DIANTE DA TRIBUNA REAL


FESTIVIDADE REALIZADA EM HOMENAGEM AOS SOBERANOS BELGAS, NA ESCOLA NORMAL, NA PRAÇA DA REPÚBLICA, NO CENTRO DE SÃO PAULO



OS SOBERANOS NUMA ESCOLA NORMAL, EM COMPANHIA O DR. WASHINGTON LUÍS


O REI ALBERTO AO LADO DE WASHINGTON LUÍS, EM VISITA AO INSTITUTO BUTANTAN, NA CAPITAL DE SÃO PAULO

CHEGADA DO REI ALBERTO E DA RAINHA ELISABETH AO RIO DE JANEIRO


A CHEGADA DE SUAS MAJESTADES AO PALÁCIO GUANABARA, NO RIO DE JANEIRO

O REI ALBERTO DEIXANDO O CAIS MAUÁ, E À SAÍDA DO PALÁCIO DO CATETE

PASSAGEM PELA PRAÇA MAUÁ DA CARRUAGEM CONDUZINDO A RAINHA ELISABETH.

TROPAS PRESTANDO CONTINÊNCIA AO REI DA BÉLGICA, À PRAÇA MAUÁ NO RIO DE JANEIRO.

---
É isso!

Visite o site do Arquivo Público do Estado de São Paulo.

Um comentário:

  1. Uma pequena correção: o título correto do monarca belga é "o Rei dos Belgas" (em francês, "le Roi des Belges", ou em holandês/flamengo, "de Koning der Belgen"). O título "Rei da Bélgica" não existe.

    Outra curiosidade: ao vistar a Bélgica em 1995, o presidente FHC esteve com o rei Albert II, neto do rei Albert I e da rainha Elisabeth (com "s" mesmo !) e, na ocasião, a primeira-dama, Dona Ruth Cardoso, usou um conjunto de joias dadas de presente pela rainha Elisabeth à esposa do presidente Epitácio Pessoa.

    ResponderExcluir

Excetuando ofensas pessoais ou apologias ao racismo, use esse espaço à vontade. Aqui não há censura!!!