Fotos antigas de Campinas (São Paulo)



Um pouco da história dessa que é uma das mais importantes cidades do Estado de São Paulo, por meio de fotografias publicadas na revista "A Cigarra" no decorrer do século XX.


CAMPINAS (ano: 1918) - Praça Carlos Gomes


CAMPINAS (ano: 1917) - Edifício onde funcionava a sucursal do jornal "O Estado de S. Paulo", no Largo do Rosário, esquina da rua Barão do Jaguara, bem no centro da cidade


CAMPINAS (ano: 1922) - "Casa de Loterias", rua Barão de Jaguara nº 15-A, de propriedade do senhor J. U. Sarmento


CAMPINAS (ano: 1922) - "Casa Vermelha", rua Quirino, 115, de propriedade da firma Viúva João Queiroz


CAMPINAS (ano: 1922) - "Casa Bucci", Rua Barão do Jaguara, 26. Loja especializada em "modas, fazendas e armarinhos". Sortimento completo de artigos finos para homens, senhoras e crianças. Enxovais para noivas, batizados e colegiais. Anexo funcionava um atelier de costura e chapéus, sob a direção da mme. Pierina M. Bucci


CAMPINAS (1922) - "Rei dos Calçados", rua Barão do Jaguara nº 1, de propriedade do senhor Noberto Mayer, especializada em chapéus, calçados, gravatas, malas etc.

---
Fonte:
Revista "A Cigarra", disponível digitalmente no site do Arquivo Público do Estado de São Paulo

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Olá Iba!

    Faço parte de uma comunidade no Face, que publica as fotos de Campinas antiga e atual.
    Vou "emprestar" algumas fotos do seu espaço, tudo bem?
    A comunidade chama-se Eu amo Campinas - Romilda Casizzi Baldin.

    https://www.facebook.com/groups/euamocampinas/1035750896519858/?notif_t=like&notif_id=1460549430661472

    Obrigada!

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Seria legal conseguir localizar estas fotos antigas com imagens atuais para que todos pudessem ter uma noção do quanto a nossa cidade mudou.

    ResponderExcluir
  4. Até hoje não encontrei em lugar algum fotos da antiga fabrica da Coca Cola que existiu na avenida Imperatriz Leopoldina na Vila Nova, hoje no luga existe um condominio denominado JARDINS DO TAQUARAL.

    ResponderExcluir

Excetuando ofensas pessoais ou apologias ao racismo, use esse espaço à vontade. Aqui não há censura!!!