"Panacéia desvairada"



Está você jururu, acabrunhado, macambúzio, melancólico, sorumbático, casmurro ou tristonho e não sabe a razão, causa ou circunstância que o levou a este estado de desconsolo existencial?
Simples! Enfia aí o “Complexo de Édipo” e verá o que acontece. Agora, se isso não esclarecer o enigma , mete então nele a “Seleção Natural” ou os genes, e assim, quem sabe, com o fracasso de Freud não triunfe Darwin sobre essa sua obscura melancolia!

Sim, pois nada há que Freud e Darwin não expliquem! São como um “Abre-te, Sésamo de aplicação geral”: religiosidade, depressão, tristeza, angústia, homossexualidade, suicídio, machismo, beleza... não há buraco comportamental em que ambos não se façam passar por dentro.

Osvaldo Penna, em “Polemos”, imagina um fictício diálogo que sintetiza muito bem o pensamento redutivista, circular e totalitário do freudismo:

— Esse rapaz é neurótico porque sofre de um complexo de Édipo não superado...
— Como pode você provar que ele sofre de tal complexo?
— Ora, você não percebe que ele é neurótico? Toda pessoa que sofre de um complexo de Édipo não superado é neurótica. A prova de que o complexo de Édipo é nuclear na constituição da psique é que toda pessoa neurótica sofre de um complexo de Édipo...

Eu também imaginei o meu, mas neste caso para ilustrar o caráter circular vivenciado por certa tendência do darwinismo:

— Aquela moça se mostra sedutora e atraente porque com isso deseja chamar a atenção daqueles rapazes...
— Como você pode provar que esta moça é atraente e sedutora?
— Ora, você não percebe que ela é atraente e sedutora? Todo macho se sente atraído pela beleza e encanto da fêmea. A prova de que uma fêmea seja atraente e sedutora é que o macho a escolhe em virtude de sua beleza e encanto.

Mas não é só de tautologia que vive o ULTRAdarwinismo. Há muito que ele perambula pelas beiradas da bizarrice, do excêntrico e do escalafobético. Ao meter o bedelho no “psicologismo psicofísico”, na “psicogenética psicografada” e no “psicodinamismo psicossomático”, esta vertente darwinista faz escancarar o seu lado “panacéico”, “tabajarístico” e “muleteiro”. Michael Behe resume isso muito bem:

“A ideia de Darwin tem sido usada para explicar o bico do tentilhão, os cascos de cavalos, a coloração das mariposas e dos insetos operários, e a distribuição da vida em todo o globo e ao longo das eras. A teoria foi ampliada por alguns cientistas para interpretar até mesmo o comportamento humano: por que pessoas em desespero cometem suicídio, por que adolescentes têm filhos fora do casamento, por que alguns grupos se saem melhor em testes de inteligência do que outros, por que missionários religiosos renunciam ao casamento e a filhos. Nada há ne nhum órgão ou idéia, nenhum sentido ou pensamento, que não tenha sido objeto de elucubrações evolutivas” (“A Caixa Preta de Darwin”, p. 14).

A par disto, selecionei algumas notícias com as quais é possível se ter uma noção de como a turminha “evo psy” especula e lança mão de "artimanhas científicas" a fim de levar à cabo os intentos da ideologia naturalista. Por exemplo, segundo esses "cientistas panglossianos":

"- Um dia encontraremos as provas para demonstrar que nossa inata propensão ao pensamento religioso deriva do fato de que nossos antepassados tiravam disso uma vantagem evolutiva - declarou o pesquisador. - Pensamentos religiosos parecem ser uma propriedade emergente de nossa capacidade cognitiva padrão. As informações são da Ansa."

"Mas vestir vermelho pode representar uma vantagem", concluiu."

"Essa visão habitual confunde causas e conseqüências. Para que os caçadores e agricultores abandonassem sua forma de vida e alimentação tradicional teve de acontecer alguma vantagem inicial", explica, e ressalta que no início "o cultivo de plantas não trouxe consigo nenhuma vantagem sobressalente para a sobrevivência".

"Os resultados sugerem que o formato do rosto pode ter sido moldado pela evolução como uma marca da propensão à agressão."

"Mas Spector afirmou que faz sentido, em termos de evolução, que o ser humano busque uma boa mistura de genes e que as mulheres procurem uma opção melhor se ela surgir."

"A equipe do Instituto Max Plank de Biologia Evolutiva, na Alemanha, conduziu experimentos práticos com 132 estudantes."

Os cientistas acreditam que é essa é mais uma razão pela qual os homens se sentiriam mais atraídos pelas mulheres "com curvas".
"Os homens reagem a isso porque é importante para a reprodução (da espécie)", afirmou Lassek ao jornal."

"A homossexualidade humana pode ser explicada pela teoria da evolução de Charles Darwin, que no século XIX assinalou que os fatores genéticos dão uma vantagem reprodutiva a um sexo em detrimento do outro. É o que diz um estudo divulgado nesta quarta-feira, 18, pela revista Public Library of Science (PLoS)."

"Não há razão firme para crer que as capacidades intelectuais de pessoas geograficamente separadas evoluam de maneira idêntica. Nosso desejo de considerar poderes iguais de raciocínio como uma herança universal da humanidade não vai se prestar a isso."

"O psicólogo Christian Montag, co-autor do estudo, disse que para os seres humanos, a cautela pode ter tido uma função importante. "Era vantajoso ser ansioso em um ambiente perigoso", disse Montag."

"Em termos evolutivos, as mulheres sentem mais o peso do cuidado parental e há uma visão geral de que era uma vantagem para as mulheres escolher com cuidado e se manter fiéis aos seus parceiros para que eles não tenham motivo para pensar que estão cuidando do filho de outro homem", disse Campbell."

"Os cientistas afirmam que "razões evolutivas" podem estar por trás da preferência por pernas longas."

""Os indivíduos no passado escolhiam da mesma maneira: as mulheres negociavam sua atração por um homem de maior capacidade e os homens buscavam qualquer mulher atraente que os aceitasse para ter o maior número de crias possível e obter uma vantagem evolutiva", conclui a pesquisa."

"Segundo ele, os resultados fazem sentido do ponto de vista da evolução.
"Atrair um parceiro é um esforço muito grande, então você tende a concentrar esse esforço de uma maneira mais eficiente", disse."

"Eles avaliam que os resultados reforçam a teoria da evolução que defende o surgimento da menopausa para que as jovens mães tenham ajuda extra na educação dos filhos."

""A evolução pode ter levado as mulheres a preferirem cores avermelhadas - frutas avermelhadas, saudáveis, rostos avermelhados. A cultura pode explorar e delimitar esta preferência natural das mulheres", disse Hurlbert. "

""Eu arriscaria dizer, entretanto, que não surgiram indícios concretos até agora de que qualquer gene cujas mudanças possam contribuir para a evolução do cérebro."

"Mas Spector afirmou que faz sentido, em termos de evolução, que o ser humano busque uma boa mistura de genes e que as mulheres procurem uma opção melhor se ela surgir."

"Durante uma conferência neste fim de semana na região da Toscana, Umberto Veronesi, que é médico e ex-ministro da Saúde, afirmou que a espécie humana deve caminhar para o bissexualismo "como resultado da evolução natural das espécies".

"A humanidade pode ter bem mais que um pé na cozinha. Para um pesquisador dos EUA, o uso do fogo para preparar alimentos foi um fator central na evolução do gênero humano e deixou marcas tão profundas na biologia dos nossos ancestrais que hoje o homem moderno não pode sobreviver sem cozinhar."

"O cientista afirma acreditar que a obtenção do orgasmo pode ser explicada por meio da evolução."

"Segundo os pesquisadores, as diferenças seriam explicadas pela evolução humana."

""O padrão é fruto da seleção sexual e dos papéis que machos e fêmeas desempenham na reprodução", disse Kruger. "Fêmeas investem mais nos filhotes que os machos, e têm um potencial menor para produzir filhotes, e por isso os machos geralmente competem entre si para atrair e manter parceiras".

"Para Paul Andrews, esse comportamento tem uma explicação evolutiva, já que, ao contrário das mulheres, os homens nunca podem ter 100% de certeza sobre a paternidade de seus filhos.
“Quando a mulher é infiel, o homem pode perder a oportunidade de reproduzir, e acabar investindo seus recursos para criar uma prole de outro homem", diz o pesquisador."

""Certamente há uma correlação entre o QI e a classe social. Pessoas de classes mais altas têm vantagens educacionais, sociais e econômicas e as transmitem aos seus filhos", disse ele."

É isso!

2 comentários:

  1. Leonardo Sarmento02/12/2010 11:35

    Interessante seu blog. Sua escrita é boa.
    Também faço meus rabiscos em uma linha diferente da sua, querendo conhecer:

    www.mosaicodelama.blogspot.com

    O seu está favoritado...
    Abraço,
    Leonardo Sarmento.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom seu blog!

    Ri umas boas!((rs))

    ResponderExcluir

Excetuando ofensas pessoais ou apologias ao racismo, use esse espaço à vontade. Aqui não há censura!!!