Fotos antigas de CAMPOS DO JORDÃO (São Paulo) - IV


Mais um pouco da história da bela Campos do Jordão, paraíso da elite paulista em todo o século XX, para onde também iam muitos dos convalescentes da gripe espanhola, entre outras moléstias.

CAMPOS DO JORDÃO - A Vila D. Bosco, construída pelos salesianos de São Paulo, em terreno doado pelo Dr. Domingos Jaguaribe, à margem da Estrada de Ferro, destinada ao repouso de alunos e membros da congregação religiosa, em 1919


CAMPOS DO JORDÃO - Vila Jaguaribe, vendo-se ao centro no famoso Dr. Assis Brasil, e, ao seu lado, Luiz Silveira e Domingos Jaguaribe, em 1918


CAMPOS DO JORDÃO - A Vila Nova ou Abernessia, o centro comercial e administrativo da cidade à época, em 1924

CAMPOS DO JORDÃO - A chamada Vila Velha, em 1924


CAMPOS DO JORDÃO - O bairro de Capivari, quando ainda era construído, em 1924


CAMPOS DO JORDÃO - Fotografia tirada por ocasião de uma festa realizada na Pensão Inglesa, oferecida por sua proprietária Miss Baker, em 1919
---
Fonte:
Revista "A Cigarra", edições de 1919 e a924, disponível digitalmente no site do Arquivo Público do Estado de São Paulo

2 comentários:

  1. Alguns bairros foram construídos, hoje não se faz mais isso.

    Campos do Jordão, na época em que se fazia planejamento urbano.
    Campos do Jordão nunca teve seu plano diretor e sua Agenda 21 Local, e hoje, tal qual a maioria das cidades brasileiras incuba a violência promovendo a discriminação espacial, com seus "projetos" no melhor estilo do "minha casa, minha vida, minha cidade de deus", com as ocupações que desafiam a natureza e promovem tragédias ou invasões que desafiam os limites da justiça.
    Todas incubando a violência, criam-se redutos onde o poder público não se faz presente, onde a polícia não entra, mas de onde saem corpos, drogados e pessoas marginalizadas de todo tipo.

    ResponderExcluir

Excetuando ofensas pessoais ou apologias ao racismo, use esse espaço à vontade. Aqui não há censura!!!